Sexta, 17 Agosto 2018

INSPEÇÃO DE GILWELL

 

INSPEÇÃO DE GILWELL

 

A inspeção normalmente é feita no último dia do acampamento, denominada Inspeção Oficial do Acampamento, com hora e dia marcados, a fim de avaliar todos os trabalhos desenvolvidos pela patrulha. Porém, nada impede que o Chefe efetue inspeções no decorrer do acampamento informalmente com ou sem a presença da patrulha, principalmente para avaliar a higiene e a organização do campo. Cabe ressaltar que no caso de uma inspeção no campo sem a presença da patrulha, o Chefe não poderá inspecionar as bolsas ou qualquer bem individual dos jovens.

No dia e hora marcados, a patrulha deverá se apresentar de vestuário completo e limpo, dar seu grito e aguardar em formação do lado de fora do campo, ao lado do portal.

Após o monitor apresentar a patrulha, o Chefe inicia a inspeção, considerando:

a – Grito da Patrulha.

b -  Totem "Bastão acheter viagra da Patrulha".

c – Uniforme Completo.

d – Higiene Pessoal.

Avaliados os requisitos acima, o Chefe solicita ao Monitor que o acompanhe na inspeção do campo e na organização do material individual. É preciso informá-lo sobre os seus acertos e erros.

1 – Cerca

O Campo da Patrulha deverá estar cercado e as cordas esticadas. Vale lembrar que a CERCA representa para a patrulha seu campo (“Casa”) a qual deverá cuidar e zelar. A área externa do campo também deverá ser cuidada e limpa (uma distância média de 02 metros da cerca).

2 – Entrada (Portal)

O portal deve ter boa passagem (altura de no mínimo 2 metros e 1,5 de largura) para que todos do campo possam passar por ele.  Lembre-se de que o portal é a entrada para seu campo e deve estar limpo e ser de fácil acesso.

3 – Cozinha

A cozinha deve estar sobre um toldo para proteção da chuva e do vento. O fogão pode ser montado sobre a mesa ou separado, mas abaixo do toldo da cozinha, que deverá ter pelo menos uma mesa para auxiliar os cozinheiros no preparo da alimentação.

Após cada refeição, os cozinheiros deverão efetuar a limpeza do local, das mesas e panelas, além de organizá-las em locais apropriados. As caixas de alimentação ou de material de cozinha precisam der suspensas para não ficarem em contato com o solo e insetos.

3-1 Fossas

Para manter a higiene e os animais afastados do acampamento, é necessário construir fossas. Há dois tipos de fossa:  a escavada na terra, e a aérea com sacos de lixo pendurados. Ambas requerem uma série de cuidados.

A fossa líquida poderá ser feita no lado de fora da cozinha, para evitar moscas e mau cheiro. Deverá ser cercada e com tampa para evitar acidentes. Faça os buracos medindo 40cm x 40cm e 60cm de profundidade, coloque folhas no fundo e pedras. No final do dia, jogue CAL para eliminar o mal cheiro e afastar os bichos.

Na fossa seca poderão ser usados sacos de lixos, a serem transportados a locais apropriados no decorrer do acampamento ou no final. Para segurar os sacos, faça uma armação com madeira ou bambus. O tamanho da fossa dependerá do tamanho do saco, por isso pegue-o e encha-o com folhas (ou o que tiver de mais fácil). A dimensão da armação deve ser um pouco menor, pois as pontas precisam ser amarradas nas esquinas da armação.

4 – Campo do Lenhador

Deve ficar sob um toldo para proteger as ferramentas da chuva e do sol. A patrulha poderá guardar as ferramentas, sempre limpas, em pioneirias adequadas para facilitar o seu uso (ou dentro da caixa de patrulha). Jamais poderão ficar guardadas no campo de lenhador diretamente no chão.

O campo do lenhador é um local específico para trabalhar o corte das madeiras, guardar as ferramentas e as madeiras.

O espaço ideal do campo do lenhador, é um raio de 3 metros ou, no mínimo, um espaço em que seu maior patrulheiro estique seu braço para frente com a maior ferramenta, e efetue um giro de 360 graus.

5 – Barracas

As barracas deverão ficar à frente do campo, em um local limpo de pedras, madeiras, e uma do lado da outra. A abertura delas é de frente para o nascer do sol. Devem estar sobre lonas para evitar o contato direto com o solo, bem esticadas e montadas conforme orientação do manual do fabricante e sempre limpas. É bom evitar fechá-las e abri-las a qualquer momento.

6 – Pioneirias

Após a conclusão de toda estrutura básica do campo, a patrulha pode criar pioneirias que facilitarão a vida no campo, como: reservatório de água, copos de bambu, sapateiro, cabideiros, varal, porta-copo, torres de observação, mesas externas etc.

Na inspeção das pioneirias, é muito importante observar as amarras, os nós usados e se a amarra se adequa corretamente ao ângulo das junções das madeiras. Por estética, é importante que todos os excessos da corda/sisal sejam cortados. As amarras precisam ser firmes, seguras e o traçado seguindo o mesmo sentido para firmar melhor as madeiras.

7 – Material individual

Para a inspeção todo material individual deverá ser exposto sobre uma lona, conforme regras abaixo:

  • Mochilas: Totalmente abertas e vazias, o cobertor pode ficar aberto sobre o saco de dormir/colchonetes ou dobrado.
  • Camisas, agasalhos, calças, bermudas e shorts: devem ficar dobrados. As roupas sujas devem ficar separadas das limpas em sacolas plásticas.
  • Material de higiene: Sobre a toalha. O material de higiene bucal deverá ficar separado do material de banho e uso pessoal.
  • Pochetes: Vazias e seu conteúdo sobre a toalha.
  • Equipamentos eletrônicos: fora das capinhas e sem pilhas.
  • Prato, copo e talheres: limpos sobre a sacola plástica. Também é indicado colocá-los na cozinha (Deve ser padrão na patrulha: ou todos colocam na cozinha ou todos deixam junto com o material individual).
  • Roupa íntima: Não é necessário tirá-las, podem ficar nos sacos plásticos.
  • Tênis: Tênis limpos sobre o saco de dormir/colchonete; tênis sujos dentro de sacola plástica aberta.
  • Roupas molhadas: deverão ficar estendidas no varal.

OBS: Caso não seja feita a inspeção do material individual, as mochilas e sacos de domir deverão ficar dentro da barraca (ao fundo).

 

System.String[]